Ocorreu um erro neste gadget

domingo, julho 12, 2009

LEITURA...

O QUE É LER? Ler é uma atividade extremamente rica e complexa, que envolve não só conhecimentos fonéticos ou semânticos, mas também culturais e ideológicos. Pode ser um processo de descoberta, uma tarefa desafiadora, ou mesmo lúdica. Porém, será sempre uma atividade de assimilação de conhecimentos, de interiorização, de reflexão. Mais que decodificação, a leitura é uma atividade de interação, onde leitor e texto interagem entre si, obedecendo a objetivos e necessidades socialmente determinados. A leitura sempre irá depender do que a pessoa já sabe, das experiências adquiridas ao longo da sua vida. Qualquer atividade – inclusive a da leitura – se desenvolve na convivência com o próprio mundo. Um indivíduo aprende a ler quando relaciona o que lê com seu conhecimento de mundo, ou seja, com as experiências que traz em sua “bagagem”. Assim, cada pessoa terá uma leitura particular de um mesmo texto, dependendo do seu conhecimento prévio. Cabe ao professor guiar o aluno e encorajá-lo a usar todo o seu conhecimento prévio para que possa participar ativamente do processo de leitura, utilizando seus procedimentos de interpretação de modo a interagir com o texto, em busca do seu significado. Tatiana del Rio

Como se faz um memorial...

MEMORIAL Escreva um texto narrativo em forma de memorial relatando suas experiências com a leitura e escrita. A seguir, algumas questões que poderão orientar a composição de seu texto: a) Recorde como aconteceu seu primeiro contato com a escola. b) Como se deu a sua alfabetização? c) Qual era a concepção de leitura e de leitor que sustentavam o método utilizado pela professora? d) A preocupação em ensinar o código alfabético era tão presente quanto o objetivo de desenvolver a compreensão da leitura? e) Você tinha acesso a livros e lia quando criança? f) Alguém leu histórias para você? Quem? Como você se sentia nesses momentos? g) Quais livros você se recorda de ter lido ou ouvido? h) O que se lê na escola atualmente? i) Para quem se escreve? j) O que se escreve? k) Para que se escreve? l) Quando se escreve? m) Em que condições, lê-se e escreve-se na escola? Querido cursista, espero que possa te ajudar... Abraços

quarta-feira, julho 08, 2009

Dica importante para vocês cursistas...

Queridos professores-cursistas,
Como é do conhecimento de todos, para receber a certificação do curso GESTAR II Língua Portuguesa, vocês deverão desenvolver um projeto interdisciplinar, a ser implementado em sala de aula, apresentando a estrutura a seguir:
a) TEMÁTICA: definir um tema que possa desenvolver os conhecimentos adquiridos no programa e seja contextualizado à realidade de sala de aula.
b) PROBLEMÁTICA: definir uma situação-problema a ser focada mediante seu desenvolvimento.
c) FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA: definir os conceitos e as teorias que darão base a todas as ações desenvolvidas.
d) OBJETIVOS: definir quais são os objetivos gerais e específicos a serem alcançados com sua implementação.
e) METODOLOGIA: definir os passos a serem seguidos e os recursos materiais a serem utilizados para sua realização.
f) CRONOGRAMA: definir o cronograma de cada etapa de desenvolvimento e os seus respectivos prazos.
g) EQUIPE DE TRABALHO: definir as áreas de conhecimento envolvidas, assim como os educadores participantes e suas respectivas atribuições.
h) AVALIAÇÃO: definir o processo de avaliação e os instrumentos a serem utilizados.
Estou à disposição para esclarecer qualquer dúvida.
Telefone (casa ) 35432291 - celular - 98067590.
Um abraço e até o proximo encontro.

SALA DE COMPUTAÇÃO ONDE FOI REALIZADA A APRENSENTAÇÃO DO GESTAR...


Fotos do primeiro encontro... Nossa secretária de Educação...

Uma vírgula que faz toda a diferença! Uma instituição de peso! E um erro de grande quilate! Esta gafe já passou por aqui, em outra peça publicitária analisada no site. E, por coincidência, nas duas vezes, o erro foi cometido por instituições ligadas ao Ensino. Vale a mesma explicação. Havendo dois verbos, existem, aqui, duas orações. A segunda oração, “Faz a diferença”, possui um sujeito. Como descobri-lo? Elementar, como uma aula da quinta série: perguntando ao verbo. Ao perguntarmos ao verbo, temos: “Quem FAZ a diferença”? A resposta é imediata: “Quem faz”. Ou seja, toda a oração anterior. Assim, a primeira oração (“Quem faz”) assume o papel de sujeito da segunda. É o que chamamos de SUJEITO ORACIONAL O grave erro aqui cometido, portanto, é a separação de um sujeito do seu complemento por uma vírgula.

Dicas...

Um erro a ser evitado na redação Não quero lhe falar, meu grande amorDas coisas que aprendi nos discosQuero lhe contar como eu vivi e tudo o que aconteceu comigo...Com certeza você deve conhecer os versos acima. Eles são a parte inicial de uma conhecida cánção de Belchior: "Como nossos pais". O primeiro dos versos, apesar de eufônico, apresenta erro de colocação pronominal, segundo a norma culta. Vamos relembrar?Quando temos locução verbal com verbo prinicipal no infinito ou gerúndio precedido de partícula atrativam o pronome dese ser colocado antes do verbo auxiliar ou depois do verbo principal, mas NUNCA entre ambos. Assim, as construções corretas, para o verso acima, seriam:Não lhe quero falar OU Não quero falar-lhe.Tente cantar, usando a construção correta. Será que o autor preferiu escorregar na colocação pronominal, para que a letra ficasse mais ajustada à melodia? De qualquer forma, em uma redação oficial, evite esse tipo de licença poética, para não perder preciosos pontos na hora da correção.

segunda-feira, julho 06, 2009

Recadinho para os cursistas -

Professores cursistas de Língua Portuguesa – Gouveia – Minas Gerais – Professor Formador – Sumara Kênia PORTIFÓLIO – É um arquivo no qual se pode visualizar o caminhar do profissional, ou do aluno. Nele constam atividades mais antigas, reflexões, textos que tocam o coração do autor do portfólio, fotos, textos teóricos, registros e imagens diversas. Alguns critérios devem ser levantados para a produção e avaliação do portfólio, vamos a eles: Queridos professores cursistas da Rede Municipal e Estadual , seu portfólio deve conter: Memorial profissional: fala sobre a trajetória até chegar ao magistério e sua atuação profissional hoje; Memorial de leitura; Relatório da primeira oficina ( unidade 9 e 10 – TP3 ), juntamente com os exemplares das atividades realizadas por seus alunos. A composição do portfólio é muito importante para que você própria possa , ao final do curso , avaliar sua evolução e também de seus alunos. CRIAÇÃO DO BLOG: SUGESTÕES: 1. Na impossibilidade da criação do blog, o professor cursista poderá entregar uma pasta ao professor formador, para que a cada oficina seja entregue relatórios, textos e fotos que serão arquivados nas pastas. Dessa forma, evita-se que o professor protele a criação do portfólio e ao final do ano desista do curso , por não ter tempo para construir material tão extenso. SOBRE OFICINAS: 1º passo: O cursista deverá dedicar 5h para o estudo de cada unidade. Esse estudo pode ser individual ou em grupos de estudos e pode ser coordenado e organizado pelo formador. Antes que cada oficina ocorra, você deverá estudar duas unidades, logo , 10 h de estudo antes dos encontros com o formador. 2º passo: Depois de estudar as 2 unidades da TP que estiver em foco naquele momento , incluindo o Ampliando nossas referências o cursista escolherá um AVANÇANDO NA PRÁTICA para aplicar e recolher todas as tarefas produzidas pelos seus alunos. 3º passo: Após a aplicação da atividade , o cursista executará a LIÇÃO DE CASA, que é o registro reflexivo sobre a aplicação prática em sala de aula. 4º passo: Depois de estudar e responder todas as atividades propostas nas unidades da TP em análise, aplicado o Avançando na prática na sala de aula e cumprida a lição de casa, o cursista se encaminhará para a oficina com o formador , não esquecendo de levar os matérias dos alunos. OBS: O professor formador fará sempre uma avaliação se o professor está cumprindo com as atividades propostas , mesmo que faça uma adequação de tempo e de temas para atender. BOM TRABALHO !

domingo, julho 05, 2009

Meus cursistas da Rede Municipal e Estadual

Relação dos cursistas - Gestar II . Geralda Eunice Moreira . Patrícia de fátima Souza . Mônica Aparecida de Jesus Rodrigues . Maria juliana de Almeida . Desirê Adrienne Oliveira Gonçalves . Anete Valdene Martins Nunes ( infelizmente essa professora cursista da rede Estadual desistiu...que pena!) . Adriana Aparecida Moreira . Márcia Aparecida Moreira . Sueli Vieira Ferreira . Andréia Aparecida Mendes de Almeida . Vanderluce dos Santos Leão . Sílvia Paixão . Jaqueline Aparecida Miranda . Marciléia de Jesus Oliveira

Lembrando aos cursistas...

Querido cursista, de acordo com o guia geral a certificação do professsor cursista dependerá de quatro fatores: a) Frequência b) Conceitos emitidos pelo formador referentes à Liçao de casa ou à Transposição didática, desempenho nas oficinas e avaliações; c) Auto avaliação pelo professor cursista; d) Apresentação do projeto a ser implementado na escola em que trabalha. Avaliação institucional do programa Todos os atores do programa participarão de uma auto- avaliação dos demais agentes , fornecendo dados processuais da execução do programa , os seus pontos positivos e os pontos a melhorar.

Apresentação Oficial do Gestar II em Gouveia

Relatório da oficina introdutória
No dia 04 de Julho de 2009, às 8h realizamos a abertura oficial do GESTAR II na cidade de Gouveia.
O encontro foi realizado na Escola Estadual Joviano de Aguiar. Tiveram participação, a secretária da educação Maísa Nascimento Dória e professores em Língua Portuguesa e Matemática da Rede Estadual e Municipal.
Antes de iniciarmos a oficina introdutória foi servido um lanche. Foi um momento muito bom de acolhida aos professores cursistas, pois são todos os professores já conhecidos e puderam nesse momento bater um pequeno papo. Em seguida fomos para a sala de computação onde fizemos à apresentação global, ou seja, com professores de Língua portuguesa e matemática. A secretária de educação deu boas vindas aos professores e parabenizou por participarem do Gestar II, pois será de grande valia para todos nós que queremos renovar e temos a esperança de uma educação melhor para todos os nossos alunos. Terminando sua fala , dei boas vindas aos nossos cursistas e aproveitei para explicar o motivo do atraso em nossa cidade.Para que os professores sentissem bem descontraidos, passamos um vídeo "Pleonasmo", foi um sucesso, pois puderam dar boas risadas.Logo após , explicamos pelo data show, o que é Gestar II, como funciona , quem poderá participar, horas presenciais e não presenciais, a presença assídua do curso para recebimento do certificado das 300horas.etc. .Durante esse tempo pude observar pelo semblante de cada professor a aflição, preocupação e ansiedade de todos em querer saber de tudo ao mesmo tempo. Mas aos poucos pude aliviá-las incentivando como realmente será passo a passo.
Terminando, notei que todos os cursistas já estavam bem mais relaxados, sorridentes e os melhor, entusiasmados para iniciar o trabalho.
Discutimos muitos pontos sobre o curso, foi um momento muito bom, melhor que o esperado.
No 2º momento foi de 14h as 18 h-Apresentei metodologias do programa, entreguei e expliquei todo o material aos cursistas, orientei quanto aos estudos. Nesse momento, ouve bastante tumulto, pois tivemos que mudar todo o cronograma por motivos de alguns professores não poderem participar aos sábados o dia inteiro. Depois de muitos questionamentos, a professora Sueli sugeriu que fizéssemos os encontros em dois dias ; sexta e ao sábado nas seguintes horas; de 16h às 20h e aos sábados de 8h às 12h. Todos aderiram à idéia e ficou definido para o dia 07/08/2009 e 08/08/2009 a nossa 1ª oficina da TP3.
Após o término entreguei para cada cursista um bombom com a seguinte mensagem. “Só podemos saber se algo vai dar certo ou não, se começarmos a fazê-lo”. Paulo Baleki.
Obs.; Confesso que estou ansiosa para o dia 07/08/2009. Um abraço.


sábado, julho 04, 2009

1º Encontro do Gestar II com os cursistas em Gouveia - M.G

04/07/2009 - Oficina Introdutória - 8h - 12hs Local - Escola Estadual Joviano de Aguiar - . Abertura Geral . Apresentação do Gestar II 04/07/2009 - Oficina Introdutória - 14h - 18h Local - Escola Estadual Joviano de Aguiar - . Apresentação dos cursistas . Apresentar metodologias do programa . Entregar e explicar o material . Orientar os estudos

Cronograma da 1ª etapa - Gestar II - 2009

Gestar II Programa Gestão de Aprendizagem Escolar Língua portuguesa Professor Formador:Sumara Kênia Município: Gouveia Local: E.Estadual Joviano deAguiar Hora: 8h às 12 hs Estudo a realizar: 04/07/2009- Oficina introdutória - Apresentar o Gestar 04/07/2009 - Oficina Introdutória- Apresentar a metodologia 11/07/2009 - 1ª oficina da TP3 08/08/2009 - 2ª oficina da TP3 15/08/2009 - 1ª oficina da TP4 22/08/2009- 2ª oficina da TP4 29/08/2009 - 1ª oficina da TP5 Observação;Poderá haver mudança do cronograma por motivo de alguns professores morarem fora do município. Enviarei outro cronograma se tiver mudança.

quinta-feira, julho 02, 2009

Gestar II em Gouveia - rede municipal e estadual

Ufa , até que enfim no próximo sabado dia 04/07/2009 será o nosso primeiro encontro com os cursistas . Aguardem...